As letras do 9ºD

Blog dos alunos do 9ºD da Escola EB 2/3 de Penafiel N.º2

A Aia

Posted by Vanessa Pereira em Maio 18, 2009

Olá!

Vamos propor a realização de um trabalhinho, aí vai ele:

Suscitado pela atitude da Aia, promover-se-á um debate sobre o tema «Lealdade ou Subserviência – pode o dever de lealdade levar alguém a sacrificar a vida do seu próprio filho para salvar o seu senhor?»

Se precisarem de umas orientações podem ir ao manual na página 33 🙂

imag2

Márcia, Diana Patricia, Diana Catarina e Vanessa🙂

36 Respostas to “A Aia”

  1. Márcia Daniela said

    Espero que o debate corra bem, e que a vossa opinião seja o máximo sincera!🙂

    Boa sorte!

    😛

  2. elsapinto said

    Vanessa, não há aí um erro ortográfico?

  3. Anapinto94 said

    Olá eu acho que a lealdade é um aspecto muito importante e que devemos ser leais a todas pessoas.
    Eu por um lado, não acho que a Aia tenha feito bem em trocar os filhos pois para mim um filho é muito mais importante que a lealdade. Mas por outro achei bem o que ela fez pois após ter sacrificado o seu filho devido à lealdade, sacrificou-se a si propria para “ir ter com ele novamente”.

    Esta é a minha opinião.

    Fiquem bem!😀

  4. vanessa94 said

    Elsa este post não fui eu que publiquei, apesar de estar com o meu nome!
    Foi a Márcia.🙂

  5. Márcia Daniela said

    Elsa não vejo onde possa estar o erro?
    😦

  6. Ritakau said

    Subserviência – Sobrevivência …

    Acho que é a isto que estás a tentar referir-te no port Márcia!

  7. Ritakau said

    Tenho que reflectir sobre o assunto.
    Para ser sincera, não tenho uma opinião formada sobre o tema😀

  8. Ritakau said

    Afinal a Márcia não está nada errada.
    Subserviência é pessoa que se presta servilmente às vontades de outrem.

    Penso que se encaixa.😀

  9. evasousa said

    Ora um trabalhinho novo!
    Eu amo debates, aliás como vocês sabem !😉

    Mas como boa profissional vou arranjar primeiro os meus argumentos.

  10. mariana16 said

    Lealdade é algo que poucas pessoa têm. A aia teve o que faz com que a admire pelo facto da lealdade ter levado à morte do seu filho.
    Amor ao próprio filho acho que todas as mães têm e esta demonstrou-o junto com a sua fé pois “matou” o seu filho mas de seguida suicidou-se. Como já referi, estes motivos fazem-me a personagem porque acho que existem poucas pessoa assim.

    Concordo? Por um lado não concordo porque o amor ao filho é superior a qualquer lealdade mas, a aia não quis ficar com os louros. Foi leal e foi ter com o seu filho. Acho que perante isto concordo no que a personagem fez. Foi leal, humilde e teve fé e, na sua fé foi ter com o filho deixando tudo “feliz” (o país com o verdadeiro rei e ficou com o seu filho).

  11. mariana16 said

    A aia tem uma personalidade que adiro: foi leal (levando isso à morte do seu filho), teve uma enorme fé (por se matar para ir ter com o seu filho) e humilde (preferiu matar-se a ficar rica mas sem o seu filho).

    Concordo? Posso dizer que sim pois na ideia dela tudo ficou bem: o país ficou com o seu verdadeiro rei e ela com o seu filho embora num “outro mundo” (mundo esse melhor).

  12. mariana16 said

    Concordo?
    Posso dizer que sim porque na ideia dela tudo ficaria “feliz”: o país ficaria com o seu rei e ele com o seu filho.
    Admiro muito esta personagem porque têm características que poucas pessoa têm (lealdade, fé e humildade).

  13. Anónimo said

    Tenho de arranjar opinião, e depois digo algo :s

  14. José Ferreira said

    Preparem bem o vosso texto de opinião, não basta dizer que sim porque sim, ou acho que não porque não, ou então nim.🙂
    Procurem redigir um texto bem estruturado, com princípio meio e fim, com uma sequência lógica, apresentando argumentos e contra-argumentos que defendam a vossa posição.
    Isto porque este tipo de exercício tem tudo para sair no exame.🙂

  15. elsapinto said

    ó professor tanta coisa:/ Não tenho tempo para fazer isso tudo direitinho, temos testes :X e o prazo é curto não é meninas? Podiam deixar para o fim-de-semana não?

  16. Márcia Daniela said

    É assim a nossa dinamização acaba na quinta feira!😦

    Mas vou falar com as minhas colaboradoras (lol) e depois dizemos alguma coisa🙂

  17. Andreia Fileno said

    Eu acho fantástica a atitude da aia, porque, como já disseram, para ela tudo têm um final feliz e ela fica muito satisfeita. Ao matar-se vai ter com o seu filho que sacrificou e, também, a rainha fica com o seu pequeno herdeiro.

    Acho um pouco obvio que nos dias de hoje, todos lutamos pela nossa sobrevivência mas, penso que a lealdade é algo muito “bonito” e que deve sempre de estar um pouco dentro de nós.
    🙂

  18. RitaKau said

    Meninas podem por prazo pelo menos até domingo?

  19. Márcia Daniela said

    Rita por mim pode ser, mas vou perguntar-lhes!🙂

  20. PriCunha said

    Olá a todos😉
    Bem eu gosto de debates!

    Então é assim: eu acho que a lealdade é sentimento bastante importante. Por uma lado não concordo com o que a atitude da Aia pois trocar o filho da rainha pelo seu filho, sabendo que este ia morrer não é o mais correcto. Mas gostei quando ela, ao aceitar o tesouro, escolheu o punhal e matou-se dizendo que ia dar de mamar ao seu filho.

  21. elsapinto said

    Priscila, lê o que o o professor disse😀

  22. ruidaniel said

    Vou fazer um texto, mas agora tenho que estudar para o teste de amanhã.
    Vou tentar fazê-lo no sábado.🙂

  23. mariana16 said

    Desculpem os comentários mas nesse dia eu submetia comentar e nenhum aparecia e eu escrevia porque pensava que não estava a dar!🙂

    Amanhã faço um comentário em condições!

  24. ruidaniel said

    Aqui está o meu texto.🙂

    Na minha opinião a aia cometeu um erro ao pôr a lealdade que tinha para com a realeza acima da sua função de mãe. Terá ela cumprido com o seu dever de mãe? Acho que não! Mas é importante perceber que eu não vivo naquela época. Vendo o acontecimento num tempo em que a lealdade para com o trono era superior a todo o resto, ela tomou a decisão adequada. Nessa época morria-se e matava-se em prol da realeza. Todo o resto não era importante. Também ela acreditava que ao morrer iria encontrar o seu filho e continuaria a dar-lhe de mamar. Tinha fé que isso iria acontecer e foi também um dos motivos que a levou a tomar uma decisão tão estranha. Mas se fosse nos dias de hoje? Será que ela faria o mesmo? Duvido! Seria considerada uma louca, porque um tipo de lealdade que faz uma mãe matar o seu próprio filho não existe nos dias de hoje.
    Não posso concordar com o que a aia fez. A lealdade é muito importante, aprendemos com os nossos pais a sermos leais. Mas a mãe não está a ser leal com um filho quando tem a coragem de o matar.

    Espero que seja assim que o professor quer.😀

  25. Márcia Daniela said

    O prazo pode ser até Domingo!

    Boas opiniões😀

  26. evasousa said

    Obrigada grupo !😉

  27. Márcia Daniela said

    De nada Eva!🙂

  28. elsapinto said

    Aqui vai :

    Será que a Aia foi leal para com o seu filho? Ou será alguém mais importante que ele?
    Bom, na minha opinião, a Aia não foi leal para com o seu filho no desenrolar da história, só no fim dela, ao matar-se. Penso que nada é mais importante do que ter um filho. Ao trocar os bebés, teve um gesto de lealdade para com o futuro rei e não para com o seu próprio filho e, como já disse, um filho é mais importante! Também naquela época tudo era diferente e foi considerado como uma boa acção ao rei, mas hoje em dia, de certeza que não seria assim tão fácil! Nada justifica a perda da lealdade com um filho e ainda bem que hoje é assim.
    Pais são pais, filhos são filhos!

    Professor, agradecia que me dissesse algo que estivesse mal para eu corrigir, já que isto é importante para o exame e não só!

  29. José Ferreira said

    Vivam!

    Não vou tecer observações individuais aos vários comentários que aqui já foram colocados sobre esta tarefa. Farei apenas algumas observações de carácter geral e cada um terá a liberdade de reflectir.🙂

    Assim, perante as opiniões já expressas, direi o seguinte:

    (1) Não é meu objectivo vocês fazerem um texto assim ou assado, desta ou daquela maneira, até porque, como devem compreender, um texto de opinião tem sempre uma marca pessoal.

    (2) É preciso perceber que estamos perante um conto e, por isso mesmo, há sempre aspectos que importa relevar neste tipo de textos, como a mensagem e a moral que lhe está subjacente, e há outros, como a localização espacio-temporal, que são menos relevantes. Concordo que num texto de opinião estes aspectos também sejam focados, embora o objectivo não seja ficar por aí.

    (3) Ao serem feitas comparações com os dias de hoje, interessava (também) responder a questões como: O que é ser leal? Será que só serei leal se “matar o meu filho” em prol de outro? Até onde vai a minha lealdade para com os outros? Sou leal comigo mesmo?

    (4) Claro que ao responderem àquelas questões, enriquecem os vossos textos se derem exemplos concretos do que julgam ser manifestações de lealdade ou não, de como ela se manifesta nas nossas vidas nos dias de hoje.

    Estou a ser claro?😀

    Já agora, a propósito deste conto, deixo-vos alguns recursos retirados da internet:

    http://webquestaia.no.sapo.pt/recursos.htm

    http://apontamentoslp.wordpress.com/2007/08/13/a-accao-do-conto-a-aia/

    http://webquestaia.no.sapo.pt/leitglobal.htm

    Continuação de boas reflexões.😉

  30. ruidaniel said

    Professor

    Não é nada fácil escrever um texto de opinião. Quando se está a escrever às vezes fica-se meio perdido nas ideias. Sinceramente acho que é dos textos mais difíceis de escrever. Prefiro inventar histórias.🙂

    Depois do texto feito e ao ler o que o professor escreveu, noto que poderia ter feito melhor.🙂

  31. Márcia Daniela said

    Olá a todos, aqui vai a minha opinião:

    Será que a Aia, tomou uma atitude correcta, ao trocar o seu filho, pelo príncipe? Bem, na minha opinião mãe que é mãe não troca o filho por nada, mesmo que seja muito importante, pois um filho é sempre um filho. Acho que a Aia via o príncipe como um filho, e mostrou que a melhor coisa a fazer era mesmo protege-lo de quem o queria ver bem longe daquele palácio, trocando o seu filho pelo menino do berço de marfim. Com esta atitude mostrou ter um grande amor pela família real. Nesta situação de muito amor e tristeza, a Aia acabou por perder o seu filho. Quando a rainha lhe quis oferecer uma recompensa, levando-a há câmara dos Tesouros, a Aia matou-se. Vejo esta morte, como uma forma de arrependimento por parte dela, ao ter trocado os bebês.
    😦

  32. Márcia Daniela said

    Ora bem, o meu texto de opinião não está lá muito bem, mas esforcei-me para fazer o melhor que conseguia!
    😉

  33. evasousa said

    Pois bem aqui vai a minha opinião:

    Bom, eu acho a atitude da Aia muito humana.
    Ok, pode parecer estranho dizer isto, mas se assim não fosse ela não trocaria o filho pelo seu príncipe, mostrando que apesar de amar seu filho não podia deixar de ser leal. A palavra “filho” pode parecer banal, mas engloba um misto de sensações e emoções que apenas quem é pai ou mãe pode descrever, por isso é que se torna complicado perceber a atitude da Aia. Não concordo com a opinião que diz que ela não foi leal para o seu filho, pois acredito vivamente que foi. Vejamos, ela poderia escolher o ouro que quisesse, mas não, preferiu ir ter com o seu filho. Isso é que é ser leal, ela não o deixou sozinho.

    A meu ver acho que hoje em dia, as pessoas não dão valor a pequenos actos, nem tão pouco a grande gestos, talvez por andarem demasiado atarefadas, talvez por causa do stress e por isso de certeza que condenariam a atitude de uma outra Aia, se isto realmente acontecesse.
    Não sei se conseguiria fazer algo como esta Aia, não sei até que ponto seria a minha lealdade tamanha para abdicar de um filho meu.

  34. MIRIAMY said

    Oi, espero que todos gostaram,incluindo a mim. Eu gostei mt obrigada para todos que fizeram essa obra.
    Xau!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!felicidades.

  35. Andreia Fileno said

    Quem é este? :s

  36. Márcia Daniela said

    Não sei quem é o/a Miriamy, mas obrigado pelo voto de felicidades🙂

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: