As letras do 9ºD

Blog dos alunos do 9ºD da Escola EB 2/3 de Penafiel N.º2

Uma Longa viagem…

Posted by pricunha em Maio 7, 2009

Uma Longa Viagem…

     Há alguns anos atrás, uma jovem rapariga, chamada Priscila, seguia viagem a bordo do navio “O Português”, acompanhada por cerca de dez marinheiros, dos quais um deles era o seu melhor amigo.  

     Uma noite, em pleno alto mar, irrompeu uma terrível tempestade. O navio era jogado de lado para lado pelas grandes ondas e este estava em grande perigo de quebrar-se. O navio, cada vez mais, inundava-se de proa à proa e Priscila e todos os restantes marinheiros trabalhavam em conjunto, jogando a água para fora, mas tinham a completa noção que era apenas uma questão de tempo antes que o seu navio afundasse.

     Quando a tempestade parecia ter atingido o máximo, os marinheiros já tinham perdido todas as forças, já não aguentavam mais, tinham chegado ao limite. Até que, Priscila, fechou-se na cabine principal. Todos os marinheiros além de se preocuparem com a forte tempestade, exaltaram-se com a ausência da comandante, mas  continuaram a combater as ondas que cada vez mais tinham mais força.

     Priscila fechara-se na cabine porque já não suportava mais imaginar os seus marinheiros, entre eles uma pessoa que tinha um valor inexplicável para ela, o melhor amigo, morrerem todos afogados.

     Esperando que ninguém a incomodasse, ajoelhou-se junto da única janela da cabine onde se podia admirar o céu sem limite, pequena e com o vidro salpicado pelas fortes ondas do mar. Antes de se ajoelhar, pegou numa cruz que transporta sempre no bolso, agarrou-a com toda a pouca força que lhe restava e começou a chorar.

     Derramava lágrimas salgadas, lágrimas com o sabor do mar!

     Em breves instantes avistou o vento acalmar-se, o rugir das ondas tornar-se leve e sereno e  o mar tempestuoso transformou-se num lado de tranquilidade.

     – Foi sem dúvida um milagre! – Exclamaram os marinheiros transbordando felicidade.

Espero que gostem

Priscila😛

19 Respostas to “Uma Longa viagem…”

  1. Ritakau said

    Boa composição Pri ;P

  2. pricunha said

    Obrigado Rita.🙂
    Não coloquei o desenho ainda, porque não consegui, mas assim qe consiga coloco!
    😛

  3. sara26leal said

    qe-que

    Está muito gira!!
    😀

    Temos de repetir estes exercícios das composições mais vezes!
    😀

  4. Dianacorreia said

    Gostei muito Capitã Priscila!
    😀

  5. mariana16 said

    Não, não temos, Sara! Se há coisa que adoro fazer são composições! (Ironia)

    Pri, naquela parte “ajoelhou-se junto da única janela” eu pensei: “Vaia começar a rezar!” e afinal pegou na cruz e pôs-se a chorar! Estive lá quase. Boa composição!
    😀

  6. sara26leal said

    Pois Mariana.

    Já eu gosto!:)

    😀
    E adoro!

    Já na primária, principalmente no 4º ano, escrevia composições enormes, de 3 ou 4 folhas de caderno A5 ( naquele tempo era muito para a nossa idade)

  7. Márcia Daniela said

    Priscila gostei muito da tua composição🙂

    Estou curiosa para saber quem é esse amigo em especial que falas na tua composição😀

  8. Márcia Daniela said

    Ahhh, Sara isso á minha beira não era nada, pois a nossa professora da primária dizia para fazermos uma pequena composição e eu era sempre quem fazia a maior, não sei se a melhor mas a maior era de certeza, a Diana Patricia e a Vanessa que digam😀

  9. dianacatarina said

    História de grande fé. Gostei desta história principalmente pelo uso de muitos adjectivos, o que torna a história mais agradável. Parabéns capitã Priscila.

  10. martasilva said

    Olá!
    Gosto da composição Prii❤
    Está bem giira!

  11. rute24 said

    Grande capitã a nossa Priscila!
    Gostei muito…e lembrate sempre que a esperança é a última a morrer…🙂
    E sim Márcia quem será este tão amigo especial da Pri!!! :p

  12. Pricunha said

    Obrigado meninas😉
    Ainda bem que gostaram da composição!
    Sim Rute, grande Capitã ;P
    Não é amigo especial, é melhor amigo !

  13. Anapinto94 said

    Olá

    Muito gira a composição Priscila!

    Acho que sei qem é esse melhor amigo😀

    Fiquem bem

  14. José Ferreira said

    Qual Titanic!🙂

    Algumas incorrecções quanto à pontuação. Repito: não se separa o sujeito do predicado com vírgula!

  15. ritakau said

    O amigo é o Sérgio :b

  16. pricunha said

    Obrigada professor!
    Mas eu não estou a ver onde é que errei :S
    Podia-me dizer se faz favor?

  17. José Ferreira said

    “uma jovem rapariga chamada Priscila, seguia viagem” – a colocares esta vírgula depois de Priscila, tens de colocar outra depois de rapariga. “chamada Priscila” funciona como aposto, por isso, fica entre vírgulas.

    “Priscila, fechou-se na cabine principal”; “o mar tempestuoso, transformou-se num lado de tranquilidade” – estas vírgulas separam o sujeito do predicado e isso é incorrecto.

    mas, continuaram a combater – inicia-se aqui uma oração coordenada adversativa, por isso, a haver vírgula coloca-se antes do “mas”.

    “e, o mar tempestuoso” – estás a fazer uma enumeração, como tal, ou colocas o “e” ou a vírgula.

  18. pricunha said

    Penso que já está professor. Mas agradecia que se ainda estiver incorrecto me informasse😉
    E já agora, muito obrigada!

  19. José Ferreira said

    Esta frase: “Até que, Priscila, fechou-se na cabine principal.” não tem vírgulas.😉

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: